sexta-feira, 23 de março de 2012

CORDAS HUMANAS, LAÇOS DE AMOR



Atrai-os com cordas humanas, laços de amor; fui para eles como quem alivia o jugo de sobre as suas queixadas e me inclinei para dar-lhes de comer.
Oséias 11:4




O amor de Deus é divino, mas Seu amor nos alcança com cordas humanas. É importante percebermos que este versículo não fala de uma corda, mas de cordas. Estas cordas incluem a encarnação de Cristo, viver humano, crucificação e ressurreição. Isto significa que as cordas mencionadas neste versículo têm segmentos diferentes e que cada segmento envolve a humanidade de Cristo. Primeiro, Deus foi encarnado; Ele veio para ser um homem chamado Jesus. A encarnação, portanto, é o primeiro segmento das cordas humanas. O Senhor Jesus viveu entre nós na terra durante trinta e três anos e meio, e o Seu viver humano é o segundo segmento destas cordas. Por fim, Ele foi crucificado, morrendo na cruz por nós, e Ele então foi ressuscitado. Sua crucificação e ressurreição também são segmentos das cordas humanas. É com tais cordas que Deus nos atrai. 
Nós mostramos que cada segmento, cada parte das cordas humanas envolve a humanidade de Cristo. Depois da Sua ressurreição, Cristo ascendeu aos céus na Sua humanidade. Esta foi a razão de Estevão poder ver o Ascendido como o Filho do Homem e poder testificar, dizendo: “Eis que vejo os céus abertos e o Filho do Homem, em pé, à direita de Deus” (At 7:56). Quando Cristo voltar, Ele virá em Sua humanidade. A palavra do Senhor ao sumo sacerdote em Mateus 26:64 revela isto: “Desde agora vereis o Filho do Homem assentando à direita do Poder e vindo sobre as nuvens do céu.” As cordas humanas, portanto, envolvem a humanidade de Cristo na Sua encarnação, viver humano, crucificação, ressurreição e ascensão. 
Em Oséias 11:4a “cordas humanas” e “laços de amor” estão em justaposição. Consequentemente, as palavras “cordas” e “laços” se referem à mesma coisa. Os laços de amor são as cordas humanas. O amor de Deus, o amor divino, vem a nós pela humanidade de Cristo. Por isto, os laços de amor são as cordas humanas. Aqui Cristo não é revelado diretamente, mas pela maneira subentendida. Que implicação rica, profunda, maravilhosa, e misteriosa a respeito de Cristo nós temos aqui! 
O amor eterno de Deus, Seu imutável e cativante amor, está totalmente em Cristo, com Cristo, por Cristo e para Cristo. Aparte de Cristo o amor eterno de Deus não pode ser prevalecente. O amor imutável de Deus é prevalecente porque é um amor em Cristo, com Cristo, por Cristo e para Cristo. Se Cristo não tivesse sido encarnado, se Cristo não tivesse vivido na terra, se Cristo não tivesse morrido uma morte vicária por nós, se Cristo não tivesse entrado em ressurreição e então tivesse ascendido aos céus, não haveria caminho para Deus nos atrair com cordas humanas, com laços de amor. 
Nós precisamos ser impressionados com o fato de que a encarnação de Cristo, o viver humano, crucificação, ressurreição e ascensão são todos para nós, pois é por todos estes passos da humanidade de Cristo que o amor de Deus em Sua salvação nos alcança. Estes passos são as cordas humanas, os laços de amor, com que Deus nos atraiu.  


Extraído do livro:  Estudo-vida de Oseías

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário